GP#1

TITO MOURAZ

Mergulho

7 de abril - 8 de Maio 2021

Inauguração, Quarta-feira,  7 de abril (15 > 20 h)

A exposição decorrerá de acordo com todas as regras de segurança e distância social prescritas pela DGS.

A galeria Salut au monde! convida o fotógrafo Tito Mouraz, a apresentar o seu novo trabalho Mergulho. Uma coleção de imagens que, tendo como ponto de partida as paisagens açorianas, explora as possibilidades e as limitações da linguagem fotográfica. A exposição poderá ser visitada entre os dias 7 de abril e 8 de maio de 2021, de quarta a sexta-feira, das 14 às 19 horas; sábado das 10 às 13 horas (durante esta fase do desconfinamiento).

Na trajetória de Mouraz, sempre houve uma atração por territórios de limites (paisagens marítimas, zonas vulcânicas, grutas, florestas, montanhas, etc.), lugares que para ele não têm de ser necessariamente distantes, nos quais o inóspito das condições geográficas e climáticas por norma ditam as próprias vivências e formas de estar. Embora o início seja o registo de lugares autênticos, na exposição rapidamente o documental passa ao abstracto, ao teatro e à ficção. Além desta fusão de factos e ficções, há um desejo e uma tentativa de que a paisagem açoriana surja aqui tão poderosa quanto nos parece quando estamos na sua presença.

Tito Mouraz trabalha em película e só no laboratório surgem os primeiros resultados. Neste caso, como ele próprio explica: “tive que trabalhar com os resultados do momento e com decisões praticamente imediatas. O filme instantâneo, dependendo da temperatura, é processado em mais ou menos um minuto. Uma vez interrompido esse processo e o filme separado, os corantes podem ser transferidos para outra superfície”. O confronto com estas imagens transporta quem as observa para uma experiência imersiva, uma viagem ao interior, um mergulho.

Como destaca o Sérgio Mah, no texto escrito especialmente para esta apresentação, “ao percorrer estas imagens de Mergulho percebe-se que, para além dos temas fotografados, Tito Mouraz pretende reflectir sobre o espectro de possibilidades do médium fotográfico, procurando inclusivamente traçar relações com outros modos de expressão artística, como a pintura e o desenho”.

O resultado desta abordagem é uma série de peças únicas que pode ser apreciada pela primeira vez no seu formato original.

Mergulho, Tito Mouraz por Sérgio Mah

Editora Convidada: Dewi Lewis Publishing

 

Fundada em 1994, a Dewi Lewis Publishing tem publicado livros dos principais fotógrafos britânicos e internacionais, muitos deles foram selecionados para prémios internacionais e vários já ganharam importantes galardões. A Dewi Lewis Publishing é uma parceria gerida por Caroline Warhurst e Dewi Lewis.

 

Além do “Fluvial” de Tito Mouraz, a seleção apresentada na Salut au monde! Inclui publicações de Laia Abril, Kurt Tong, Louis Quail, Álvaro Laiz, David Denil, Te Ahi-Ka, Piotr Zbierski ou Charles Rozier.

 

Um inevitável regresso à infância das formas, dos círculos, da mistura das cores, o carimbo das mãos repetidamente

Tito Mouraz (Portugal, 1977) finalizou o curso de Artes Visuais e Fotografia na Escola Superior Artística do Porto em 2010, sendo esta a cidade onde vive e trabalha actualmente. Expõe regularmente desde 2009 em Portugal e no estrangeiro, sendo de destacar as exposições no Módulo Centro Difusor de Arte, Lisboa (Portugal); The Finnish Museum of Photography (Helsínquia); Format Festival International de Fotografia, Derby (UK); Arquipélago - Centro de Artes Contemporâneas, (Açores, Portugal); Blanca Berlin Galeria, Madrid (Espanha); Tampere Art Museum (Finlândia); Museu da Imagem, Braga (Portugal); Fotofestiwal Lodz (Polónia); Festival Circulation(s), Paris (França); Carpe Diem Arte e Pesquisa (Lisboa); Galeria Voies Off, Arles (França) e Encontros da Imagem, Braga (Portugal).

O seu trabalho está presente em diversas colecções públicas e privadas.

Em Portugal, Tito Mouraz é representado pelo Módulo – Centro Difusor de Arte, Lisboa.

titomouraz.com

Dewi Lewis.jpg
TAMAÑO_MEDIANO.png
0
MERGULHO - 00021 - RGB